IMG_4352.jpeg

MARCELLO QUINTANILHA

ARTISTA CRASH

Ano após ano, buscamos os artistas mais singulares para criarem a identidade visual da CRASH – Mostra Internacional de Cinema Fantástico. Nesta 14ª edição, não poderíamos estar mais honrados: ninguém menos que o inigualável Marcello Quintanilha assina a arte do festival!

 

E não é só isso: Quintanilha participa presencialmente da CRASH em dois eventos imperdíveis. No dia 06/11/22 (terça), às 18 horas, realiza bate-papo e sessão de autógrafos na Livraria Palavrear, lançando seu novo livro Alimenta Estes Olhos. E na noite seguinte é a vez de participar da abertura oficial da 14ª CRASH no Cine Cultura, às 19 horas.

 

Marcello Quintanilha nasceu em 1971, em Niterói. Autodidata, começou a publicar quadrinhos ainda adolescente, desenhando gibis de terror e artes marciais sob o pseudônimo “Marcello Gaú”. Na década seguinte, se dedicou ao mundo da animação, além de iniciar uma constante colaboração com a imprensa, assinando trabalhos em veículos como O Estado de São Paulo, Bravo, Le Monde, Internazionale, Art Review, La Vanguardia, Le 1, El País, etc.

 

Em 1999 publicou seu primeiro livro de quadrinhos: Fealdade de Fabiano Gorila, incluso nesta coletânea. Três anos depois, traslada-se para Barcelona, assumindo os desenhos da série Sept Balles pour Oxford, com roteiros de Jorge Zentner e Montecarlo. Em 2005, após uma viagem à capital baiana, lança Salvador, uma mistura orgânica entre texto e desenho, que ganhou uma nova edição pela Veneta em 2022 . Depois vieram os livros que compõem a maior parte desta coletânea: Sábado dos Meus Amores (2009) e Almas Públicas (2011). Em 2012, uma adaptação do clássico O Ateneu (2012), de Raul Pompeia.

 

Tungstênio foi lançado pela Veneta em 2014, um sucesso internacional que rendeu a Quintanilha diversos prêmios, incluindo seu primeiro Angoulême, o Fauve Polar, que abrange os gêneros policial, thriller e suspense. Em 2018, a adaptação do livro estreou nos cinemas brasileiros, dirigida por Heitor Dhalia. Talco de Vidro foi lançado em 2015, outro grande sucesso de público e crítica. Em 2016, Hinário Nacional, premiado com um Jabuti. Depois vieram Todos os Santos (2018), Luzes de Niterói (2019) e, em 2020, seu primeiro romance, Deserama. 

 

Lançado em 2021, Escuta, Formosa Márcia colocou o nome de Quintanilha na História como o primeiro brasileiro a receber o Fauve D’Or, o principal prêmio do Festival de Angoulême e um dos mais prestigiados na indústria internacional de quadrinhos.

 

Alimenta Estes Olhos é o novo livro de Quintanilha, que cobre mais de 20 anos de carreira do quadrinista reunindo os já clássicos Sábado dos Meus Amores e Almas Públicas, além de HQs inéditas.

 

Atualmente, Marcello Quintanilha segue vivendo e trabalhando em Barcelona, na Catalunha.

cartaz CRASH_menor.jpg